Blog

PARTICIPAÇÃO na COLETIVA em OURO PRETO, MG

21 de abril a 23 de maio de 2022

curadoria: Lu Valença | parceria: Galeria Arte4, Contemporâneos Galeria de Arte e Casa Alphonsus Arte e Galeria

Além das obras de 28 artistas contemporâneos atuantes no eixo Rio-Minas, a exposição conta com a coleção de Carlos Eduardo Leal com 24 obras dos Modernistas Originais, dentre eles: Anita Malfatti, Alfredo Volpi, Roberto Burle Marx, Di Cavalcanti, Djanira, José Pancetti e Tarsila do Amaral.

FLORY MENEZES escultura participante

“A FACE” | escultura de bronze sólido | 40cm x 30cm | R$ 12.000,00


Participantes da Exposição Modernistas:


Afonso D’ávila
Angela Moraes
Cadu Leal
Carlos Valença
Cris Duarte
Denise Greco
Eduardo Pieretti
Eduardo Tropia
Fábio Ferrão
Flory Menezes
Gê Fortes
Giancarlo Diniz
Herbert Zampier
Jorge Fonseca
Laura Vivacqua
Lu Valença
Lucia Russo
Luciana Alves
Maria Fernanda Gonzalez
Naiara Junqueira
Paula Queiroz
Renata Barreto
Ricardo Bhering
Roberta Costa
Sérgio Graça
Sheila Tostes
Tatti Simões
Ticiana Parada


O Museu Casa dos Contos reconhece a importância histórica da Semana de Arte Moderna de 1922 em seu centenário, e traz para a contemporaneidade a tradução de anseios, medos, questionamentos, afirmações, perguntas e respostas, propondo reflexões por meio da Exposição Modernistas 1922-2022 do Triângulo das Artes.

Além das obras de 28 artistas contemporâneos atuantes no eixo Rio-Minas, a exposição conta com a coleção de Carlos Eduardo Leal com 24 obras dos Modernistas Originais, dentre eles: Anita Malfatti, Alfredo Volpi, Roberto Burle Marx, Di Cavalcanti, Djanira, José Pancetti e Tarsila do Amaral.

“Com Modernistas 1922-2022, propagamos nossas esperanças. Estamos prestes a viver, mais uma vez, a consciência coletiva sobre a necessidade de repensar nossas práticas em relação a nossos semelhantes e à natureza. De certo modo, com outras ferramentas, que promovem a globalização e democratização da arte, como parte essencial na manutenção da sanidade e da nossa sobrevivência. Tanto como, ao parir formas, o Triângulo das Artes, composto por 28 artistas contemporâneos, não se permite pudores desnecessários e incentiva a pluralidade, a criação visceral, sua maior riqueza enquanto movimento artístico.” – ressalta Lu Valença, curadora-chefe
O movimento ultrapassa as paredes do Museu Casa dos Contos e ocupa a cidade histórica de Ouro Preto com “Oficina de Criação - reciclagem de plástico” com a artista plástica Tatti Simões, palestra de Carlos Eduardo Leal sobre Clarice Lispector e lançamentos de livros. No muro do pôr-do-sol, imagens do Brasil de 100 anos atrás e de hojeA tradicionalíssima Casa Alphonsus recebe, a partir do dia 22 de abril, exposição do ator e artista plástico Jonas Bloch, além da exposição permanente do fotógrafo renomado, Eduardo Tropia.Serviço:Exposição Modernistas 1922-2022Local: Museu Casa dos Contos Abertura 21 de abril às 19hVisitação até 23 de maioEntrada Livre
Serviço:Exposição Modernistas 1922-2022
Local: Museu Casa dos Contos, Ouro Preto, MGA
Abertura 21 de abril às 19h
Visitação até 23 de maio
Entrada Livre

DIVULGAÇÃO:

https://www.bheventos.com.br/noticia/04-07-2022-centenario-da-semana-de-arte-moderna-e-celebrado-em-ouro-preto-em-grande-estilo

https://jornalvozativa.com/cultura/ouro-preto-centenario-semana-de-arte-moderna/

MEET BRICS ART | participação

Encontro de artistas contemporâneos dos países BRICS

https://www.nkibrics.ru/

Comitê Nacional de Pesquisa do BRICS ( Rússia)

Em meados de janeiro de 2022, será lançado o projeto internacional Meet BRICS Art.

Os eventos contarão com a presença de pintores dos Urais pertencentes à União de Artistas da Região de Sverdlovsk e seus colegas de diferentes regiões do Brasil, Índia e China. A possibilidade de realizar eventos surgiu graças ao apoio financeiro do Fundo Presidencial para Iniciativas Culturais.

O programa planeja realizar uma série de reuniões on-line entre profissionais de arte BRICS, artistas e organizar uma exposição 3D de suas obras. Os visitantes poderão ver mais de 100 obras incríveis e diversificadas de mestres de países da aliança, conhecer as características e elementos da identidade nacional.

A realização de eventos desempenhará um papel importante na expansão e aprofundamento da cooperação no campo da cultura e da arte, no desenvolvimento do diálogo intercultural, contribuindo para fortalecer o respeito mútuo e a aproximação dos povos dos países do BRICS.

“A Aliança existe há mais de 10 anos, mas só recentemente as questões de cooperação sociocultural e humanitária atingiram um novo nível. Hoje, tanto projetos de negócios quanto iniciativas interculturais entre participantes do BRICS estão se desenvolvendo ativamente. Nosso projeto demonstrará as características culturais únicas dos artistas dos países da aliança. O espectador verá como as questões mais importantes para todos nós podem ser refletidas sob o prisma das culturas originais: amor, valores familiares, conexão de gerações. Para que o maior número possível de espectadores se familiarize com esses trabalhos, decidimos usar as possibilidades da diplomacia digital. Isso permitirá que você supere as fronteiras que separam participantes e espectadores, una-os em torno do belo e eterno”, comenta Anna Kurumchina, Diretora da Agência de Diplomacia Cultural e Científica.

Outro objetivo do projeto Meet BRICS Art é promover a arte regional na Rússia e no exterior. Hoje, dos 500 artistas que trabalham nos Urais, uma pequena parte é exibida no exterior. Novas iniciativas, estratégias e tecnologias são necessárias para mudar a situação, o que superará as restrições locais e apresentará aos autores um novo público.

Durante as reuniões on-line, artistas da região de Sverdlovsk e seus colegas internacionais discutirão as tendências atuais no desenvolvimento da arte no mundo pós-covid. Questões de transformação de valores tradicionais e preservação da autenticidade de territórios e regiões. A perda de algumas técnicas de artes plásticas e a formação de novas relacionadas ao desenvolvimento de tecnologias e espaço digital. Eles também considerarão as perspectivas de interação entre artistas de países do BRICS. O que foi, arte moderna? Conceitual, profissional, tradicional, de massa? Convidamos todos os amantes da beleza a participar da discussão, fazer perguntas aos participantes e conhecer novos autores.

O projeto foi iniciado pela organização sem fins lucrativos “Agência para Diplomacia Cultural e Científica” e é apoiado pelo Ministério da Cultura e pela União de Artistas da Região de Sverdlovsk. Os eventos durarão até abril de 2022.


Informações sobre o organizador:
"Agência para Diplomacia Cultural e Científica" é uma organização sem fins lucrativos fundada em 2020. A missão da Agência é tornar a Rússia e o mundo mais próximos um do outro através da cultura, ajudar as pessoas a desfrutar da beleza e da diversidade cultural, conectar autores com um novo público, treinar administradores em novas práticas, inspirar os jovens a trabalhar no campo da cultura.
As atividades da Agência visam desenvolver uma abordagem estratégica das relações culturais internacionais, inclusive através do uso da diplomacia digital. Entre as principais tarefas estão a organização de eventos culturais, de informação e educacionais na Rússia e no exterior, treinamentos sobre liderança cultural global, apoio e desenvolvimento de uma rede de comunidades de praticantes de diplomacia cultural, organização de intercâmbios educacionais e culturais.
Sobre o comitê

O Comitê Nacional de Pesquisa do BRICS (BRICS NKI) foi criado em 2011 para implementar o D.A. aprovado pelo Presidente da Federação Russa D.A. Medvedev em 24 de maio de 2011 do plano de ação para a implementação dos acordos alcançados na cúpula do BRICS na cidade de Sanya (RPC).

Presidente do Conselho do Comitê Nacional de Pesquisa do BRICS - Presidente do Conselho de Especialistas para a Preparação e Presidência da Federação Russa na Associação BRICS, Presidente do Comitê de Educação e Ciência da Duma Estatal, Federação Russa, Presidente do Conselho da Fundação Mundial Russa, Reitor da Faculdade de Administração Pública da Universidade Estadual de Moscou. M.V. Lomonosova, Presidente da Politika e Unidade para as Fundações da Rússia Vyacheslav Nikonov.

O objetivo é organizar e conduzir pesquisas sobre o papel e o lugar dos países do BRICS e outras "potências emergentes" na política e economia mundiais. O BRICS NKI foi projetado para contribuir para a formação de um único campo de informação no campo da pesquisa doméstica do BRICS e a promoção da posição russa e avaliações de especialistas na arena internacional; coordenação das atividades das principais organizações de pesquisa e especialistas no campo do BRICS.

Desde abril de 2012, o NKI BRICS começa a emitir um Boletim regularmente, que coleta análises e informações sobre as publicações e pesquisas russas e estrangeiras mais interessantes sobre tópicos do BRICS, publica notícias do BRICS NKI, fornece uma visão geral dos próximos eventos.

Em 2015 e 2020, no âmbito da presidência russa da associação BRICS, o NKI BRICS foi nomeado pelo Ministério das Relações Exteriores russo como uma organização responsável por realizar eventos-chave da trilha acadêmica de interação dos "cinco" - o Fórum Acadêmico do BRICS, o Fórum Civil do BRICS, etc.

“CLOUD CATCHER” | caçadora de nuvens

Artista Visual há 46 anos. Desenho, Escultura e Pintura.

Atualmente desenvolve sua nova série de pinturas “cloud catcher” onde capta a diversidade de formas e cores das nuvens com suas paisagens.

Membro da Academia Brasileira de Belas Artes, Comendadora Gran Mestra por 27 anos como professor de escultura.
Exposições no Brasil, EUA, França, Mônaco, Israel e Argentina.

Visual Artist for 46 years. Drawing, Sculpture and Painting. 

Currently developing her new series paintings “cloud catcher” where she captures the diversity of shapes and colors of clouds with their landscapes.

Member of the Brazilian Academy of Fine Arts, Comendadora Gran Mestra for 27 years as a professor of sculpture.
Exhibitions in Brazil, USA, France, Monaco, Israel and Argentina.

Artiste visuel depuis 46 ans. Dessin, Sculpture et Peinture.

Actuellement en train de développer sa nouvelle série de peintures « cloud catcher » où elle capture la diversité des formes et des couleurs des nuages avec leurs paysages.

Membre de l'Académie brésilienne des beaux-arts, Comendadora Gran Mestra pendant 27 ans en tant que professeur de sculpture.
Expositions au Brésil, USA, France (salon d’Automne de Paris, Artshopping Carrousel de Louvre, Galerie Everarts), Monaco, Israël (Salon d’Automne de Israel)et Argentine (Bienal).
Acrílico 36cm x 36cm
Acrílico 36cm x 36cm
Acrílico 25cm x 25cm
Acrílico 25cm x 25cm
Acrílico 25cm x 25cm
Acrílico 25cm x 25cm

II SALÃO VIRTUAL DA ABBA

II SALÃO VIRTUAL DA ABBA

Setembro 2021 | apoio Galeria-Atelier Flory Menezes

Curadoria Vera Gonzalez ( Presidente da Academia Brasileira de Belas Artes)

CLIQUE PARA ENTRAR NA MOSTRA VIRTUAL COM A PLATAFORMA ARTSTEPS

CLIQUE PARA TER UMA PRÉVIA DA EXPOSIÇÃO | duração do vídeo 5min

ARTISTAS PARTICIPANTES: Altair Leal | Ana Cleide Botelho | Anísia Vajgel | Cecilia Ribas | Dora Parentes | Ed Falcão | Eduardo Arguelles | Eduardo Bortk | Eliane Mourão | Flory Menezes | Gisa Machado | H. Bernardi | Isis Berlink Renault | Lesiane Ogg | Lucia Hinz | Maria Alice Antunes | Matilde Toledo | Mirian Leonel | Nequitz | Regina Guimmaraes | Rose Assumpção | Roberto de Souza | Roberto José | Ronaldo Rego | Samia Zaccour | Siberia Sperle | Sonia Madruga | Sonja Asiwajo | Sylvia Roriz | Vera Figueredo | Vera Gonzalez | Wanelycha Simonini | Yara Mochiaro | Zafira Nigri

CATÁLOGO VIRTUAL 

CLIQUE PARA VER O CATÁLOGO ONLINE 

ACADEMIA BRASILEIRA DE BELAS ARTES A instituição é voltada para o desenvolvimento, a promoção e o intercâmbio ligados às áreas das Artes, utilizando-se programas e projetos realizados no Brasil e no exterior, com interesse voltado para o patrimônio nacional, contemplando as áreas de educação, sociais e do meio ambiente, integradas à arte e cultura, em geral.*Órgão Consultivo do Governo Federal por força da Lei 1.101 de 12 de maio de 1950, e de entidade de utilidade pública, pela Lei 837 do Município do Estado do Rio de Janeiro

ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA O 6° CIRCUITO ARTE BÚZIOS 2021

PRESENCIAL e VIRTUAL

Fichas de inscrição:

INSCRIÇÃO PARA EXPOSIÇÃO PRESENCIAL

Participação: R$ 80,00 (não residentes)

ficha inscrição 6CAB PRESENCIAL.pdf Baixar

– MODALIDADE 1 :

Serão montados 10 painéis no centro da Rua das Pedras, sexta feira e sábado, das 17:30h às 22h. Estarão à disposição 25 inscrições para esta modalidade.


– MODALIDADE 2 :

Exposições nas Galerias e Ateliês locais. (ainda em desenvolvimento)


– MODALIDADE 3:

Exposição em estabelecimentos locais(Rua das Pedras e Turibio)

FICHA DE INSCRIÇÃO MOSTRA VIRTUAL INTERATIVA

Participação: R$ 40,00

ficha inscrição 6CAB VIRTUAL.pdf Baixar

A MOSTRA VIRTUAL INTERATIVA receberá aproximadamente 70 artistas locais e de outros municípios.

Será apresentada a imagem da tela que ao ser clicada indica o nome do autor, informações sobre o trabalho, valores, etc

Existe a opção de inclusão de MINI VÍDEO, principalmente na categoria escultura.

– material à ser enviado: imagem da obra + descrição + mini video em mp4 ou link YouTube